3
Cursos de Bonsai
Indisponível - Voucher Curso Tecnicas de Manutenção de Bonsai

/post-publicacoes?id_cs_blog_post=66&rewrite=voucher-oferta&category_parent=6

75,00 €
Cursos de Bonsai
Indisponível - Tecnicas de manutenção de Bonsai

https://www.luso-bonsai.com/post-publicacoes?id_cs_blog_post=28&rewrite=curso-tecnicas-de-manutencao-de-bonsai&category_parent=6

75,00 €
Mais

Promoções Semanais

Últimas publicações

Comentários recentes

Não existem comentários

Ficha Técnica - Vandas

Ficha Técnica - Vandas

Aliança de Vandas (Ascocentrum, Vandas e seus híbridos)

Origem - Têm o seu habitat nas florestas tropicais húmidas do Sudoeste asiático. São epífitas e crescem agarradas aos troncos das árvores com as suas longas raízes penduradas.

Luminosidade - Gostam de muita luz podendo receber algum sol directo desde que não seja muito forte.

Temperatura e Humidade - Na zona tropical onde estas orquídeas proliferam, tanto as temperaturas como a humidade são bastante altas. A estas duas características, acrescenta-se uma boa circulação

de ar. Não devem estar a temperaturas abaixo dos 18ºC.

No seu cultivo devemos salvaguardar a grande necessidade de humidade, luz e temperatura.

Vasos e substracto - Não necessitam de vasos. São cultivadas em cestos de madeira ou de plástico suspensos. Por questões de decoração e estabilidade no interior de casa, podem ser colocadas dentro de uma jarra de vidro transparente, mas após rega não deve ficar nenhuma água na mesma.

Em plantas grandes e estabelecidas não se utiliza substracto, em plantas mais pequenas podemos utilizar "Terra Orquideas-Epífitas".

Regas e Fertilização - Devemos regar abundantemente e de maneira a que as raízes sequem rapidamente.

Dependendo da localização e se estão com raízes expostas, podem ter de ser regadas até todos os dias nas alturas quentes do ano, dentro de uma jarra as regas ou vaso são sempre menos frequentes.

As regas podem ser feitas por pulverização ou mergulhando as raízes num recipiente com água, caso estejam numa jarra poderemos encher a mesma com água, aguardar 10 minutos e depois escorrer bem, toda a água que fica na jarra.

As orquídeas desta família precisam de ser adubadas com frequência, devemos colocar fertilizante no mínimo, semanalmente.

Adubaremos seguindo a lógica de após o corte da Haste floral damos "Nutri Orquideas-Crescimento" e quando inicia o aparecimento da nova haste mudamos para "Nutri Orquideas-Floração"

Devemos aplicar o ano inteiro "Vital Orquideas-Fortificante" pode ser aplicado na mesma rega que os adubos (respeitando as doses de ambos para 1 litro de água) ou em separado (alternado 1 x adubo outra fortificante).

Antes de adubar ou fortificar devemos sempre hidratar bem as raízes só com água, após isto podemos borrifar abundantemente com água com adubo, ou submergir num recipiente com água e adubo (sempre nas doses recomendadas).

0 Comentário
Essential SSL